ANUNCIE AQUI


GRAVATAÍ: HDJB oferece vasectomia via SUS para os gravataienses



Procedimento de curta duração, efetivo e que auxilia famílias no controle de natalidade, a vasectomia pelo Sistema Único de Saúde (SUS) está com baixa procura no Hospital Dom João Becker. Dessa forma, o paciente interessado poderá ter acesso ao procedimento de maneira mais ágil. Para isso, basta procurar a unidade de saúde de Gravataí mais próxima para encaminhar a sua solicitação. A vasectomia é realizada com anestesia local, dura em média 15 minutos e o paciente pode retornar a sua atividade normal geralmente no mesmo dia.



Pela legislação, homens com mais de 25 anos e dois ou mais filhos podem solicitar o procedimento. “Com certeza é um método muito eficaz, pois as famílias conseguem controlar número de filhos com maior segurança, sem riscos para saúde”, afirma o Dr. Jeverson Wagner, urologista do Dom João Becker. Segundo dados do DataSUS, em 2019 foram 18.657 vasectomias no Brasil, número que caiu para 9.144 em 2020. A pandemia teria sido a principal responsável pela queda abrupta nos procedimentos.


Para o diretor médico do hospital Dom João Becker, a oferta de vasectomia pelo SUS consiste em uma importante política pública de controle de natalidade. “Vemos famílias com baixo poder aquisitivo que são numerosas e tem qualidade de vida muito ruim. A vasectomia, assim como a laqueadura, são procedimentos com impacto social relevante, positivo”, afirma o Dr. Fernando Issa. O Hospital tem condições para realizar 30 vasectomias por mês, via Sistema Único de Saúde.


A VASECTOMIA – Consiste em cortar e ligar os ductos deferentes, dois pequenos tubos que saem de cada um dos testículos e por onde passam os espermatozoides. Depois do procedimento, o homem continua produzindo sêmen, porém após algumas ejaculações já não haverá mais células reprodutoras, o que irá impedir uma eventual gravidez. A vasectomia não afeta a libido, nem traz qualquer alteração (a não ser a falta de espermatozoides) na relação sexual.


Via Ascom/HDJB


Postar um comentário

0 Comentários