ANUNCIE AQUI


Corpo de Bombeiros Militar forma 539 segundos sargentos em curso inédito via EAD




                           Sartori destacou que a separação do CBMRS da Brigada Militar 
                            ocorreu para deixar a instituição mais moderna e eficiente - 
                                             Foto: Dani Barcellos/Palácio Piratini


O governador José Ivo Sartori participou, nesta sexta-feira (14), da formatura de 539 alunos do Curso Técnico em Segurança Pública do Corpo de Bombeiros Militar do RS (CBMRS). A partir de agora, eles passam a exercer as atividades referentes à graduação de segundos sargentos da corporação.

De forma inédita, o Corpo de Bombeiros Militar promoveu o curso na modalidade ensino a distância, o que resultou em economia financeira, tanto para o Estado quanto para os alunos, como a não retirada do efetivo de seus batalhões para não prejudicar a prestação de serviço. O curso habilitou os militares a exercer funções com grau de responsabilidade técnica e também ao gerenciamento de equipes nas suas áreas de atividade.

Sartori destacou que a separação do CBMRS da Brigada Militar ocorreu para deixar a instituição mais moderna e eficiente. O governador, que foi um dos homenageados pela turma, falou da missão do Corpo de Bombeiros e de cada sargento. “Este é um momento muito importante na vida de cada um de vocês e de suas famílias. De uma certa maneira, importante também para a sociedade, que vocês escolheram proteger, com coragem e dedicação”, destacou o governador.

Segundo o comandante-geral do CBMRS, coronel Cleber Valinodo Pereira, disse que a formatura vem para qualificar ainda mais a instituição. “A formatura dos 539 novos segundos sargentos vem para preencher uma demanda importantíssima. Eles vão trabalhar na fiscalização, na prevenção e no comando de guarnições operacionais”, afirmou.

O secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, afirmou que na próxima semana o governo do Estado já deve publicar as promoções dos novos sargentos. Ele também destacou a importância do CBMRS. “Vocês pertencem a uma instituição pública e reconhecida, querida pelos homens e mulheres que habitam o Brasil e o Rio Grande do Sul. Vocês estão aqui hoje por mérito. Porque escolheram servir a sua comunidade e ao próximo”, ressaltou.


Texto: Cassiane Osório
Edição: Léa Aragón/Secom 




Postar um comentário

0 Comentários