ANUNCIE AQUI


Procon de Gravataí dá dicas para uma compra segura na Black Friday





Órgão alerta sobre os problemas que a data pode causar



Famosa nos Estados Unidos, a última sexta-feira do mês de novembro é marcada por grandes descontos no setor de vendas. A Prefeitura de Gravataí, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDET) e do Procon, dá dicas de como fazer uma compra segura nessa época do ano. Os alertas foram extraídos da Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo.


1- Antes de realizar a compra, o consumidor deve certificar-se da credibilidade do fornecedor. Quando a compra é realizada via internet os cuidados devem ser maiores, pois é muito comum uma crescente nas demandas judiciais e administrativas por compras feitas em sites não confiáveis, nestes casos, muitas vezes, se paga por um produto que não é recebido. Para que estes problemas não ocorram, é importante que o consumidor verifique alguns dados como o CNPJ do fornecedor, endereços e telefones para contato. Assim, se for necessário, o consumidor poderá solucionar sua demanda administrativamente e judicialmente caso ocorra alguma infração ao Código de Defesa do Consumidor;

2- Monte uma lista dos produtos que deseja comprar na “Black Friday” e monitore os preços destes itens ao longo das semanas. É de grande utilidade a observância das oscilações nos valores dos produtos, pois assim é possível ter certeza de que o produto adquirido tem de fato incidência de desconto. É preciso conhecer o valor real do produto;

3- Quando a compra for realizada pela internet ou telefone, fora do estabelecimento comercial, o consumidor tem o prazo de 07 dias, contados da data do recebimento do produto, para troca ou desistência da compra com a restituição do valor pago, é o chamado Direito de Arrependimento, estabelecido no artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor;

4- O consumidor deve conferir o produto recebido, e, se possível, testar a mercadoria antes de assinar o recebimento, caso constate algum vício de qualidade, não deverá receber o produto;

5- O consumidor deverá guardar a nota fiscal e todos os documentos relativos à compra, tais como o número do pedido, e-mails, códigos de localização, prazos contratados para entrega do produto, comprovante da oferta, o consumidor poderá registrar as ofertas realizadas por fotos ou fazendo uma captura de tela.


Caso ocorra algum problema, o consumidor deve contatar o fornecedor para a resolução da questão, e, no caso de não ser devidamente atendido, poderá acessar o portal www.consumidor.gov.br, para resolver sua demanda de forma virtual. Para denúncias presenciais, o Procon realiza atendimento de segunda a sexta-feira, das 12h às 17h30min na Rua Irmão Geraldo, 141, sala 402, no bairro Salgado Filho, Gravataí-RS (em frente ao Fórum). O Balcão do Consumidor da Ulbra, situado na Av. Itacolomi, 3.600, São Vicente, Gravataí-RS, atende das 15h às 18h nas terças-feiras, e o Balcão do Consumidor da Faculdade CNEC, situado na Rua Dr. Luis Bastos do Prado 2.122, Gravataí-RS, atende das 14h às 16h nas quintas-feiras.


Mais informações podem ser obtidas através dos telefones (51) 3600-7660 e 3600-7661.


Foto: Divulgação/PMG


Postar um comentário

0 Comentários