ANUNCIE AQUI


Metrosul distribui mais de cinco mil sementes com o Horta na Escola

Alunos da EMEF Osmar Stuart em Cachoeirinha



Projeto teve a adesão de 130 instituições da rede pública de ensino na RMPA


Ao propor o cultivo de hortas nas dependências das escolas, a iniciativa teve como objetivo estimular a consciência ambiental junto ao público infantojuvenil, incentivando práticas sustentáveis em prol da preservação do meio ambiente. Além dos professores, a iniciativa mobilizou desde os pequenos de séries iniciais até alunos de turmas mais adiantadas. Aproximadamente 5,2 mil sementes de temperos e hortaliças foram distribuídas em kits entregues às escolas com orientações de plantio e informações sobre como fazer compostagem com o lixo orgânico produzido pelos alunos. Participaram 31 instituições de Esteio, 29 de Guaíba, 23 de Canoas, 22 de Viamão, 12 de Cachoeirinha e Sapucaia do Sul e uma escola de Alvorada. Destaque da programação especial promovida pela Ambiental Metrosul durante o mês do meio ambiente, o projeto também possibilitou a aproximação com a comunidade escolar das regiões em que a empresa está inserida.


Entre as ações desenvolvidas, os educadores tiveram a oportunidade de trabalhar conteúdos sobre ciclos sustentáveis, cuidados com o planeta, separação do lixo, tempo de decomposição de cada objeto descartado, entre outros. Muitas escolas estenderam as atividades além do círculo escolar, possibilitando aos alunos que essas práticas também fossem aplicadas em casa, estimulando o envolvimento das famílias.

“A aceitação do Horta na Escola pela comunidade escolar e o engajamento dos alunos foram muito positivos. Algumas instituições até utilizaram o projeto como incentivo a desenvolverem outras iniciativas para que a conscientização ambiental seja permanente”, comenta Mateus Alves, da área de Responsabilidade Social da Metrosul. Ele destaca, ainda, a importância da educação ambiental ser cada vez mais disseminada nas escolas. “Não precisamos esperar pelo futuro. As crianças podem fazer a diferença agora, multiplicando entre a família, amigos e sua comunidade os conhecimentos e aprendizados adquiridos em sala de aula”, conclui.

Por meio do Portas Abertas, programa socioambiental da Ambiental Metrosul, alunos da rede pública dos nove municípios atendidos pela empresa também têm a oportunidade de conhecer as estações de tratamento e os ciclos do esgoto desde a chegada na estação até ser devolvido aos mananciais, livre de impurezas.


A AMBIENTAL METROSUL

Considerada a maior PPP de saneamento do país, a Ambiental Metrosul, parceira da Corsan, foi constituída para fazer a coleta, tratamento e disposição final dos esgotos de Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Eldorado do Sul, Esteio, Gravataí, Guaíba, Sapucaia do Sul e Viamão, trazendo mais saúde e qualidade de vida a uma população estimada em 1,7 milhão de pessoas.

Postar um comentário

0 Comentários