ANUNCIE AQUI


Queda nos números de homicídios em Cachoeirinha é pauta no Palácio Piratini




Na última semana, o Comandante do 26º Batalhão de Polícia Militar (26ºBPM), Tenente-Coronel Rafael Tiaraju de Oliveira participou da reunião de Gestão Estatística em Segurança (GESeg), do Programa RS Seguro, no Palácio Piratini.


A reunião de GESeg foi comandada pelo Governador do Estado do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior e pelo Secretário Estadual de Segurança Pública, Coronel da Reserva, Vanius César Santarosa. A ação integra o programa RS Seguro e busca colocar em prática o uso aprimorado de dados estatísticos à repressão criminal nos municípios priorizados pelo RS Seguro, através do monitoramento intensivo de quatro indicadores criminais (crimes violentos letais intencionais - CVLI, roubo de veículos, roubo a pedestre e indicador local variável).

O município de Cachoeirinha, por sua vez, apresentou redução significativa no número de crimes violentos letais intencionais, obtendo destaque nos indicadores criminais da região metropolitana. "A reunião GESeg do Programa RS Seguro tem como pauta os casos de atenção e evolução na região metropolitana, ou seja, situações em que o município precisa desenvolver estratégias para reduzir determinado índice de criminalidade em sua circunscrição e situações em que o município tem demonstrado bons resultados referente à determinado indicador criminal. Cachoeirinha, por sua vez, tem apresentado evolução nos índices de crimes violentos letais intencionais, demonstrando, assim, eficácia das estratégias de segurança traçadas pela Brigada Militar no município", explicou o Comandante do 26º BPM, Tenente-Coronel Rafael Tiaraju de Oliveira.

Nesta segunda-feira (16/5), o município de Cachoeirinha completou 128 dias sem homicídios, tendo registrado o único caso desse delito no mês de janeiro deste ano. A redução do delito de homicídio, em comparação ao mesmo período no ano passado, perfaz decréscimo de 83%.

"Temos desenvolvido diversas estratégias com o objetivo de alcançarmos reduções significativas nos indicadores de criminalidade municipais. Utilizamos a análise criminal em pontos focais para que possamos direcionar o policiamento nas localidades de maior vulnerabilidade à violência. A redução de indicadores monitorados pelo Programa RS Seguro, como os CVLI, demonstra que essas estratégias têm alcançado resultados hábeis a promover a repressão e a prevenção à criminalidade", acrescentou o Tenente-Coronel Rafael Tiaraju.


Fonte: Comunicação Social do 26º BPM.
Texto: Soldado Jennifer
Foto: Governo do Estado do Rio Grande do Sul/SECOM



Postar um comentário

0 Comentários