ANUNCIE AQUI


No mês da mulher, Ambiental Metrosul lança curso de hidráulica voltado ao público feminino



Mulheres desempenhando atividades predominantemente masculinas não são mais novidade. Cada vez mais em evidência devido ao marco regulatório, o mercado de saneamento acompanha essa realidade. Mas é uma é uma área que exige conhecimento e capacitação específicas, na maioria das vezes, ainda relacionadas aos homens.


Ao encontro dessa oportunidade, a Ambiental Metrosul, lança, ainda em março, a Capacitação para Ligação Intradomiciliar de Esgoto destinada ao público feminino. O curso deve acontecer entre os dias 23 e 31 próximos e tem o objetivo de habilitar encanadoras para executarem esse tipo de intervenção, de acordo com os padrões técnicos exigidos pela empresa e pela parceira Corsan. A intradomiciliar é um sistema interno pelo qual o esgoto gerado na residência é direcionado à caixa de inspeção na calçada, conectado à rede pública. A capacitação foi idealizada para suprir uma necessidade identificada pela empresa ao longo deste primeiro ano de atuação, quando os proprietários dos imóveis, responsáveis por essa ligação, manifestaram dificuldades em fazer o sistema ou encontrar profissionais habilitados para tal.

“A vontade de desenvolver um projeto de capacitação profissional voltado às mulheres é antiga. Agora, estamos aliando essa necessidade apontada pelas equipes de campo à nossa expertise no segmento”, comenta o Diretor Presidente da Ambiental Metrosul, Ângelo Mendes. Além de estimular a inserção de mais mulheres no saneamento, por meio da capacitação a empresa também promove o desenvolvimento da população local, beneficiando toda a região. “Muito mais que oferecer ao mercado de trabalho profissionais preparadas para um segmento em ascensão, a expectativa é de que o projeto também contribua para melhorar a renda das famílias, muitas delas lideradas por mulheres”, destaca Mendes.

Estruturado especialmente para esse público, o curso, que integrará o escopo de projetos socioambientais da Ambiental Metrosul, abordará desde os materiais necessários à ligação e como ela deve ser executada, bem como informações sobre a importância do serviço de coleta e tratamento de esgoto e como o sistema deve ser utilizado de forma adequada. A primeira turma será em Esteio e, posteriormente, o curso será implementado nas demais cidades atendidas pela empresa.

O município de Esteio receberá o piloto do projeto que, em sua primeira edição, terá carga horária de 8 horas. As Secretarias Municipais de Cidadania e Direitos Humanos e de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, serão responsáveis pelo local das aulas e indicação das alunas. A Ambiental Metrosul disponibilizará todo o material didático, além do ferramental necessário. Já a capacitação será ministrada por um profissional da empresa parceira LM. “A Ambiental Metrosul nos apresentou o projeto e de imediato abraçamos a ideia. Estamos felizes em integrar essa parceria principalmente pela importância de compartilhar o conhecimento e, assim, contribuir com o desenvolvimento profissional das mulheres e das comunidades como um todo”, ressalta o Diretor da empresa, Carlos Leonis Garcia. A secretaria da Cidadania e Direitos Humanos de Esteio, Katiane Marques Flores, destaca que “é fundamental que os setores público e privado unam-se em iniciativas que beneficiem as comunidades locais”. Já Felipe Costella, do Desenvolvimento e Meio Ambiente, diz que projetos de capacitação transformam vidas e mudam a realidade da população para melhor com mais emprego e geração de renda para o município e seus moradores”.

A expectativa é de que cada vez mais mulheres se interessem pelo saneamento e, naturalmente, busquem seu espaço. “Já temos a experiência de profissionais atuando na nossa área de hidrometria e a aceitação da população é muito positiva. Queremos expandir essa presença também para outras funções que ainda são essencialmente desenvolvidas pelos homens”, conclui o Diretor Presidente Ângelo Mendes.



A AMBIENTAL METROSUL

Considerada a maior PPP de saneamento do país, a Ambiental Metrosul, parceira da Corsan, foi constituída para fazer a coleta, tratamento e disposição final dos esgotos de Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Eldorado do Sul, Esteio, Gravataí, Guaíba, Sapucaia do Sul e Viamão, trazendo mais saúde e qualidade de vida a uma população estimada em 1,7 milhão de pessoas.



Postar um comentário

0 Comentários