ANUNCIE AQUI


Zaffalon cobra agilidade de Leite na construção de microbarragens na região




Governador afirmou estar comprometido com a pauta



O prefeito de Gravataí, Luiz Zaffalon, voltou a cobrar do governo do Estado agilidade na construção de 13 microbarragens no Rio Gravataí, obras que permitirão auxiliar o abastecimento em épocas de seca como a sofrida pela região neste momento. Os baixos níveis de água das bacias hidrográficas verificados nas últimas semanas, pela falta de chuva e altas temperaturas, podem ocasionar racionalização ou até falta de água em diversas cidades da Região Metropolitana.




Em reunião da Associação dos Prefeitos da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) com o governador Eduardo Leite, Zaffalon lembrou que a construção de barragens é um tema antigo. Segundo ele, o recurso via Metroplan (Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional) está disponível desde 2012, porém somente agora houve a licitação e a contratação do EIA-Rima por parte do Estado. Após esse processo, que deverá durar até dois anos, o Governo do RS deverá fazer os projetos e, na sequência, a contratação da obra. Com isso, as obras das 13 micro barragens devem levar, no mínimo, quatro anos .


Zaffalon também ressaltou a necessidade de todos os municípios atingidos com o problema da estiagem se envolverem na busca de uma solução ao tema e alertou que poderá ser necessário o racionamento de água ou até o desabastecimento de várias cidades com a continuidade da falta de chuvas. O Rio Gravataí é um importante manancial para o abastecimento de mais 500 mil pessoas.


O governador Eduardo Leite afirmou que o Executivo está comprometido com o tema e solicitou agilidade à Metroplan no processo de efetivação das microbarragens.


A reunião também contou com as presenças do presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) e prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, dos prefeitos de Cachoeirinha, Maurício Medeiros; de Glorinha, Paulo José Silveira Corrêa; do chefe da Casa Civil, Artur Lemos; do secretário-adjunto de Meio Ambiente, Guilherme de Souza, do secretário estadual de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Luiz Carlos Busato, da secretária de Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Social, Silvana Covatti, além de representante da Defesa Civil.


Via Ascom/PMG
Edição: Info do Vale Notícias

Postar um comentário

0 Comentários