ANUNCIE AQUI


CACHOEIRINHA: 26º BPM registra queda nos índices de violência contra a mulher no ano de 2021



Durante o ano de 2021, o 26º Batalhão de Polícia Militar (26º BPM) desenvolveu, por intermédio da Patrulha Maria da Penha, diversas atividades preventivas com vistas à redução dos indicadores criminais de violência contra a mulher. 


Como resultado destas ações, o município de Cachoerinha apresentou diminuição significativa nos índices de violência contra a mulher durante o ano de 2021. De acordo com o Observatório da Violência Contra a Mulher da Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, os crimes de Ameaça e Lesão Corporal contabilizaram redução de 24% em relação ao ano de 2020. Já o delito de estupro registrou diminuição de 44% em 2021, quando comparado ao ano anterior. Destaca-se, ainda, que o município de Cachoeirinha não registrou feminicídios no ano de 2021.

A Patrulha Maria da Penha do 26º BPM destina-se a atender, especificamente, casos considerados como violência contra a mulher, em razão da vulnerabilidade e hipossuficiência de gênero ocorrido em âmbito doméstico ou familiar. O atendimento desenvolvido pelos policiais militares da Patrulha Maria da Penha ocorre através da realização de visitas, que objetivam promover a fiscalização de medidas protetivas de urgência deferidas pelo poder judiciário. Trata-se, portanto, de uma atuação pós-delito, que intenta, também a prevenção aos delitos contra a mulher e visa contribuir para a quebra do ciclo de violência.

No ano de 2021, a Patrulha Maria da Penha do 26º BPM atendeu 355 vítimas de violência doméstica, tendo realizado mais de 200 fiscalizações de medidas protetivas, além de ter desenvolvido palestras de prevenção e promovido barreiras de conscientização à violência doméstica. Atualmente, a Patrulha Maria da Penha atende mais de 500 mulheres vítimas de violência doméstica no município de Cachoeirinha, proporcionando apoio e proteção à mulher e fortalecendo a Rede de Enfrentamento e Atendimento às Mulheres em Situação de Violência.



Fonte: Comunicação Social do 26º BPM
📸 Patrulha Maria da Penha do 26º BPM






Postar um comentário

0 Comentários