ANUNCIE AQUI


UPAs de Gravataí serão administradas pela Santa Casa


Prefeitura de Gravataí e Santa Casa firmaram contrato de administração das UPAs da cidade


A Prefeitura de Gravataí e a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, firmam nesta segunda-feira, 20, o contrato de prestação de serviços em que o grupo hospitalar assume a gestão das duas unidades de pronto atendimento, as UPAS da 74 (localizada na margem da Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira) e das Moradas (localizada na margem da ERS-020, na região das moradas do Vale). As duas estruturas, juntas, atendem em média mais de 12 mil pacientes por mês. Efetivamente, o serviço já está ocorrendo desde às 19h da última sexta-feira, 17. “Com essa ação, as nossas UPAs passam a contar com a excelência do atendimento que a Santa Casa emprega, passando a gerir também a estrutura pré-hospitalar da cidade”, afirma o prefeito Luiz Zaffalon.


Zaffa ainda lembra que o Hospital Dom João Becker (HDJB), mantido pela Santa Casa, é o único no município. Assim, essa iniciativa trará benefícios à população já que a prestação dos serviços de gestão das UPAs será realizada diretamente pela casa de saúde. “Contribuirá para a organização da rede de urgência e emergência SUS em Gravataí, visto que a gestão das três portas de entradas (HDJB e as UPAs) será realizada por um único prestador de serviço, unificando assim o fluxo de atendimento de urgência e emergência.” 

Para a Santa Casa, a gestão das UPAs de Gravataí é mais uma demonstração de que o grupo hospitalar quer ser cada vez mais agente no processo de qualificação da saúde na região. “Estamos ampliando a parceria com o gestor municipal e possibilitando que os sistemas, tanto do Hospital Dom João Becker, quanto das unidades de pronto atendimento possam atuar de maneira integrada. A população de Gravataí será a grande beneficiada nesse processo”, afirma o superintendente do HDJB, Dr. Antonio Weston.

Para o secretário municipal da Saúde, Régis Fonseca, a administração das UPAs feita pela Santa Casa trará toda a expertise do grupo hospitalar, “bem como a retaguarda do complexo em Porto Alegre, para os casos em que houver necessidade e aprovação junto a Regulação Estadual para a transferência de pacientes por meio do Gerint (Sistema de gestão de internações)”. “Desta forma, as UPAs se tornarão uma extensão da Santa Casa, melhorando significativamente o acesso da população e unificando os procedimentos da Rede de Urgência e Emergência”, reafirma Régis.

Após a assinatura do contrato, no gabinete do prefeito, os representantes do governo municipal e do Grupo Santa Casa, visitaram as instalações da UPA das Moradas.

Via Ascom/HDJB

Postar um comentário

0 Comentários