ANUNCIE AQUI


Protagonista | Autenticidade


Por Clara Nelly
15 de dezembro de 2021

O ser humano tem uma tendência a achar que a grama do vizinho é sempre mais verde... que mero engano!

Todos nós somos dotados de capacidades ímpares, que nos transformam em seres únicos, autênticos, admiráveis.

Verdade?

Verdade!


Só que existem pessoas que quando depositam sua admiração em alguém de maneira demasiada, começam a se projetar naquela pessoa e não se dão conta que elas não são aquela pessoa, elas são elas, os outros são os outros e ponto.

A situação se complica quando nessa projeção, seus olhos só enxergam o que o outro constrói e não percebe ou não valoriza mais as suas vitórias pessoais.

Você vai pouco a pouco querendo ser o outro, montando um mundo fantasioso ao seu redor, mas chega o dia em que a verdade bate na sua porta e não há outra saída, a não ser cair em si.

Esta pessoa na qual você se projeta, ela é autêntica. Têm sua admiração e de tantos outros, porque fala o que realmente sente, não repete coisas ditas, é espontânea, tem a coragem de rir de si mesmo e de aprender com os seus erros.

O entendimento de que somos únicos, dotados de capacidades e talentos destinados a cada um de nós, não é algo fácil de compreender, pois vivemos um tempo em que se for diferente, não serve, tem que se igualar para pertencer, para ser.

Eu considero esta questão de se igualar uma inverdade, uma ilusão, porque é na diferença que começam as transformações, é com a diferença que as coisas se movem, caminham, evoluem, conquistam espaço.

Não estou dizendo que ser autêntico é fácil, que defender ideias próprias é fácil, porque na verdade não é, mas perceba, defender a nossa essência é a maior liberdade no qual podemos nos alicerçar.

Ser nós mesmos é libertador.

Liberte-se você também!




Postar um comentário

0 Comentários