ANUNCIE AQUI


Projeto Pescar Metrosul inicia aulas presenciais com alunos de Canoas e Esteio



Após dois meses em formato remoto, o curso de iniciação profissional em eletromecânica sai exclusivamente da tela do computador e vai para o espaço cuidadosamente preparado no prédio da área, no bairro São José. A primeira aula presencial da Unidade Ambiental Metrosul aconteceu nesta terça-feira (24) e contou com as presenças do Diretor-presidente da empresa, Ângelo Mendes, que deu as boas-vindas aos jovens, e das representantes da Fundação Projeto Pescar, Claudia Wentz e Sílvia Regina dos Santos.

A atividade marcou o primeiro encontro presencial entre os alunos e teve, ainda, a participação do articulador do Pescar na Metrosul, Mateus Gomes, e do coordenador da área de Eletromecânica, Daniel Busse, profissional voluntário e padrinho do projeto desde sua concepção. "Adequamos o espaço com o todo o aparato necessário para que os jovens desenvolvam as atividades teóricas e práticas com qualidade e toda a segurança, seguindo todos os protocolos e orientações relacionadas à prevenção do coronavírus", destaca Mateus.

Na ocasião, os jovens apresentaram um material produzido pela turma contando um pouco da experiência desses dois primeiros meses de projeto e suas expectativas para o futuro, com dinâmicas que possibilitaram a interação com os presentes. "Percebe-se o quanto eles já evoluíram nesses dois meses de curso, o empenho com que realizam as atividades. Agora, com o contato mais direto, temos certeza que desenvolverão ainda mais habilidades e a evolução será ainda maior", comenta o Diretor Mendes.

A escolha da Ambiental Metrosul pelo curso em eletromecânica considerou as demandas do mercado de trabalho voltado ao saneamento, segmento cada vez mais em evidência em função do marco regulatório. As aulas da primeira turma acontecem até maio de 2022, diariamente no turno da tarde. Os jovens já contam com uniforme, material didático e notebook, e com o começo do curso presencial passam a receber lanche e vale transporte para o deslocamento até o local das aulas. Para complementar os conhecimentos e habilidades, eles também têm acesso ao conteúdo da Academia Aegea, o portal de aprendizado do Grupo oferecido aos colaboradores, com diversos cursos de capacitação e desenvolvimento profissional.

Alunos de Canoas e Esteio

Os dez alunos do Projeto Pescar da Ambiental Metrosul, sendo que cinco são moradores de Canoas e a outra metade são de residentes da cidade de Esteio. Conforme os resultados do curso, a expectativa é de que ocorra a implantação em outros municípios da região metropolitana que são atendidos pela Ambiental Metrosul.


Pescar abre as portas do Voluntariado


Desenvolvido pelo Grupo Aegea em suas unidades pelo país, o Programa de Voluntariado foi lançado nesta quarta-feira (25), na Ambiental Metrosul, a fim de estimular entre os colaboradores o interesse para o trabalho voluntário em ações promovidas nas comunidades atendidas pela empresa na Região Metropolitana de Porto Alegre. Carro-chefe do programa, o Pescar é a primeira iniciativa a oportunizar o engajamento dos profissionais que poderão compartilhar com os jovens do curso de iniciação profissional, suas habilidades, conhecimentos e experiências de vida, contribuindo para a capacitação, o desenvolvimento pessoal e profissional dos alunos que participam do Projeto.


Via Ascom - foto: divulgação



Postar um comentário

0 Comentários