ANUNCIE AQUI


Metrosul inicia obras para a conexão de 4 mil imóveis à rede de esgoto de Gravataí na próxima segunda

 

Os trabalhos para a instalação dos ramais de ligação e do terminal de inspeção e limpeza (TIL) começam nesta segunda-feira (12), pelos bairros Salgado Filho, Castelo Branco e Centro. A fim de agilizar as ligações onde a rede pública de esgoto está disponível e levar o tratamento de esgoto a uma quantidade maior de residências ainda este ano, a Ambiental Metrosul ampliou de 634 para aproximadamente quatro mil ligações em Gravataí, beneficiando em torno de 22,4 mil pessoas. Com conclusão prevista até dezembro, as obras acontecerão, ainda, nos bairros Vera Cruz, Barnabé, Santa Cruz, Dom Feliciano, Diva Lessa de Jesus, Parque dos Eucaliptos, Parque Florido, Vila Branca, Parque Olinda, Jansen, Natal, Rincão da Madalena, COHABs A, B e C, São Vicente, Padre Réus, Passo do Hilário, Marrocos, São Luiz, São Judas Tadeu, São Jerônimo, Oriçó, Vila Parque Brasília, Cruzeiro, Nossa Chácara, Sitio Sobrado, Bom Sucesso, Moradas do Vale e Monte Belo.

As conexões à rede coletora no município dão continuidade ao conjunto de investimentos que estão sendo antecipados pela Metrosul visando o plano de universalização do tratamento de esgoto na Região Metropolitana de Porto Alegre. Em Cachoeirinha, 25% das obras já foram executadas e, pelos próximos meses, os trabalhos serão realizados em Canoas, Esteio e Alvorada.

Como as intervenções serão realizadas nas calçadas e ruas em frente às residências, para minimizar eventuais transtornos a Metrosul ressalta que está comunicando os moradores dos bairros atendidos sobre os trabalhos, bem como os benefícios do tratamento de esgoto para a população como a prevenção de doenças, promovendo mais saúde, dignidade e qualidade de vida às comunidades. Além disso, também colabora com o meio ambiente, ajudando a diminuir a taxa de poluição dos rios Sinos, Gravataí e Caí.

Atualmente, somente 1/3 das residências da Região Metropolitana de Porto Alegre contam com coleta e tratamento de esgoto. Com a universalização do sistema de esgotamento sanitário, a Metrosul vai ampliar essa cobertura para mais de 87% até 2031, contribuindo, de forma significativa, na melhora dos índices e qualidade do serviço de saneamento na região. 

Via Ascom/Foto: divulgação



Postar um comentário

0 Comentários