ANUNCIE AQUI


Ambiental Metrosul substituirá 113 mil hidrômetros da região metropolitana até dezembro



Neste segundo semestre, as trocas dos equipamentos que estão com validade vencida, próxima de expirar ou, ainda, com avarias em função das condições de conservação serão concentradas em cinco municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre. São aproximadamente 56 mil substituições no período, sendo que ao longo de julho elas acontecem em Alvorada; em agosto os trabalhos estão programados para Esteio e Sapucaia do Sul; entre setembro e novembro a previsão é para Canoas e em dezembro, Viamão. A Metrosul reforça à população que as trocas dos aparelhos nessas condições acontecem sem custo adicional ao usuário.

Em sete meses de operação, 57 mil hidrômetros já foram substituídos nos nove municípios atendidos pela empresa, sendo que os maiores volumes aconteceram em Gravataí, com 24 mil trocas e Canoas com 10,8 mil. Até o final deste ano serão mais de 113 mil substituições no total. Em Cachoeirinha foram aproximadamente 4,1 mil trocas nos primeiros 7 meses de operação e ainda está prevista a substituição de 12,5 mil aparelhos, conforme programação até junho de 2022.

Conhecidos popularmente como relógios, os hidrômetros medem o consumo de água nas residências e, com o tempo, sofrem um desgaste natural comprometendo o seu funcionamento. A recomendação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia – INMETRO, órgão certificador, é de que a troca seja feita a cada cinco anos, tempo de vida útil do equipamento.

Nesse sentido, a Ambiental Metrosul destaca a importância das trocas para manter os aparelhos em boas condições. “Isso garante que os hidrômetros informem com precisão a quantidade de água que está sendo utilizada no imóvel, permitindo que o cliente tenha o controle exato de seu consumo e a cobrança seja justa, evitando pagar mais ou menos em função do mau funcionamento”, explica o Coordenador de Hidrometria da Ambiental Metrosul, Matheus Reato.

A renovação do parque de hidrômetros na Região Metropolitana de Porto Alegre foi assumida pela Metrosul quando firmada a parceria público-privada, e até junho de 2022 serão 206 mil trocas, conforme determina o prazo contratual. Os trabalhos são realizados por equipes especializadas da empresa, devidamente identificadas e respeitando os protocolos de prevenção à Covid.


Via Ascom - foto: divulgação



 

Postar um comentário

0 Comentários