ANUNCIE AQUI


Seis mil gravataienses com obesidade mórbida poderão se tratar no Hospital Dom João Becker





A alternativa para ajudar seis mil gravataienses com obesidade mórbida



Um problema crescente, que prejudica a saúde e a qualidade de vida dos pacientes. Dados do IBGE indicam que 60,3% da população brasileira acima dos 18 anos está acima do peso, o que corresponde a cerca de 96 milhões de pessoas. Pensando nessa estatística preocupante, a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre já está com o seu Centro de Tratamento da Obesidade (CTO), referência em todo o país, atuando no Hospital Dom João Becker. A chegada do Centro visa atender uma projeção nada animadora de 6.000 gravataienses com obesidade mórbida.

Pesquisa da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) aponta que em 11 anos, a porcentagem de brasileiros entre 25 e 44 anos classificados com obesidade severa saltou de 0,9% para 2,1%. “Se trouxermos a realidade para Gravataí, com população próxima dos 300 mil habitantes, teremos uma média de seis mil pessoas com esse problema de saúde. E cerca de 150 mil pessoas com sobrepeso. É muito!”, alerta o coordenador do CTO, Dr. Luiz De Carli. De acordo com o cirurgião, a Santa Casa detectou a necessidade de serviço qualificado no município, formado por equipe multidisciplinar especializada no tratamento da obesidade.

O CTO atua em Porto Alegre desde 2014 e já tratou mais de cinco mil pacientes. É constituído por 30 profissionais com diferentes formações, entre cirurgiões, endocrinologistas, nutricionistas, psicólogos e psiquiatras. Essa estrutura agora está à disposição da comunidade de Gravataí. “Temos bloco cirúrgico com equipamentos de última geração, torres de vídeo de alta definição, instrumentais especializados e suporte hospitalar para realizar procedimentos avançados em cirurgia da obesidade. Nossa Unidade de Terapia Intensiva (UTI) está preparada para atender também os superobesos (pacientes com mais de 200 kg)”, informa De Carli. Segundo ele, ao tratar o excesso de peso o paciente diminui o risco de complicações ainda maiores de caráter cardíaco, ortopédico, pulmonar e depressivo. Além de reduzir as chances de cânceres de mama e de colón e evitar o agravamento da diabetes.

COMODIDADE - Para a diretoria do Dom João Becker, o início efetivo dos trabalhos do CTO em Gravataí é um marco para a saúde no município. “Os números estão aí para mostrar que a obesidade é a segunda causa de morte evitável no mundo, perdendo apenas para o tabagismo. A Santa Casa possui expertise em tratamento da obesidade e estamos trazendo para cá a fim de dar mais comodidade aos gravataienses”, saúda o superintendente do hospital, Dr. Antônio Weston. O CTO está localizado no Multicentros (prédio ao lado do Dom João Becker). Mais informações pelo telefone (51) 3214-8888.

Via Ascom - foto: divulgação



Postar um comentário

0 Comentários