ANUNCIE AQUI


Duda Keller pode ser pré-candidato a deputado estadual pelo Republicanos de Cachoeirinha

 

O jogo de xadrez político está em andamento para 2022

Informações importantes dos bastidores da política em Cachoeirinha colocam o ex-vereador Duda Keller, como pré-candidato a Deputado Estadual pelo Republicanos nas eleições do ano que vem.

Duda foi eleito vereador em 2017 pelo Republicanos, e em 2020 optou pelo Cidadania em sua reeleição. Apesar da excelente votação, Duda ficou de fora do Legislativo Municipal pelo fato do partido não ter feito os votos necessários na legenda. 

Em seu mandato, Duda Keller foi muito atuante no município, com ideias novas para o desenvolvimento da cidade, sendo um dos destaques da oposição nos trabalhos das CPIs que investigaram diversas denúncias contra a atual administração, mas que foram arquivadas pelos votos dos vereadores da base de apoio da prefeitura, que eram a maioria.  Duda tem um currículo de muito trabalho em prol da comunidade de Cachoeirinha.

Já no Republicanos a vinda de Duda é muito bem aceita, pois o partido tem como prioridade fortalecer a sua nominata e eleger quatro deputados estaduais no pleito de 2022. Atualmente o partido tem os deputados Sergio Peres e Fran Somensi em sua bancada. Duda de volta aos quadros do partido seria de extrema importância, já que hoje o Republicanos é o maior partido de oposição ao governo municipal. 


Análise da situação


Duda acerta em por seu nome como pré-candidato a deputado estadual na próxima eleição, pois a exemplo de outros políticos da cidade, como Cristian Wasen, Brinaldo Mesquita, Marco Barbosa, Paulinho da Farmácia e Nerisson Oliveira, que já se mostraram dispostos a serem pré-candidatos no pleito de 2022, o Vale do Gravataí conta somente com a deputada Patrícia Alba e o deputado Sergio Peres como representantes, uma região que tem quase 700 mil eleitores. Já a região metropolitana concentra quase 45% dos votos do Rio Grande do Sul. 

Não ter medo de "cruzar a ponte" pode fazer a diferença em uma eleição que conta com tempo de TV e no pior dos casos pode alavancar uma candidatura em 2024.


Foto: Arquivo Pessoal




Postar um comentário

0 Comentários