ANUNCIE AQUI


Vereador do PT é preso por tráfico de drogas em Esteio



Nesta quinta-feira (09), a Polícia Civil prendeu em flagrante dois homens pelo crime de tráfico de drogas no bairro Parque Amador em Esteio. Um deles é o vereador Márcio Alemão, do Partido dos Trabalhadores.
Com os indivíduos, foram apreendidos 214 gramas de cocaína conhecida como “escama de peixe”, droga de alta concentração; 160 gramas de maconha; dois galões de 5 litros e mais 6 garrafas de cetamina; uma balança de precisão; uma máquina de cartão de crédito; dois frascos de cafeína; munições; celulares; e dinheiro.
A ação ocorreu após uma denúncia anônima. Após os policiais civis fazerem o monitoramento da residência denunciada, notaram que os indivíduos realizavam o transporte de embalagens plásticas e atitudes suspeitas. No momento que saiam da residência foi realizada a abordagem. 
Conforme apurado, a venda de drogas era feita inclusive com pagamento em cartão de crédito.
Histórico de problemas com a polícia
Marcio Alemão já teve outros problemas com a polícia, em 2018 ele colidiu seu veículo contra uma camionete da Brigada Militar. Na ocasião ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, apesar dos policiais testemunharem que ele aparentava embriagado. Pagou a fiança e foi liberado.
Em setembro de 2019 ele foi abordado pela Brigada Militar em posse de um veículo roubado e com placas clonadas, conforme matéria da Agência GBC.
Câmara de Esteio se manifesta
Em nota oficial, a Câmara de Vereadores de Esteio se manifestou em seu site, informando que a Mesa Diretora do Poder Legislativo está acompanhando o caso e irá se reunir na próxima terça-feira (14), para decidir quais medidas deve adotar.
Quem é Márcio Alemão
Vereador eleito com 1328 votos, Márcio Alemão, é natural de Esteio. Acadêmico de Educação Física, ele atuou como jogador de futebol profissional em equipes do Rio Grande do Sul e também em clubes de Portugal, na Europa. Em 2014 ingressou no Partido dos Trabalhadores, onde se elegeu no último pleito (2016) e atualmente está licenciado do cargo.
Foto: divulgação/PC

Postar um comentário

0 Comentários