ANUNCIE AQUI


CORONAVÍRUS | Câmara de Vereadores quer criar fundo para compra de cestas básicas e contratação de médicos



A nova Frente Parlamentar vai apresentar propostas de ação ao Executivo Municipal



Em sessão legislativa extraordinária realizada na manhã desta quinta-feira (26), a Mesa Diretora da Câmara de Vereadores colocou em votação a proposta de criação da Frente Parlamentar de Enfrentamento ao Covid-19, que foi aprovada de forma unânime pelos vereadores presentes.

"A função dessa Frente é ajudar a Prefeitura contribuindo com ideias e ações que auxiliem na agilidade do atendimento da população. A participação de todos os vereadores nessa Frente será importante para beneficiar a população atingida pelo coronavírus ou pelo seu impacto na economia local", comenta o vereador Marco Barbosa.

Além disso, o presidente Edison Cordeiro solicitou aos vereadores que apresentem propostas para ações de combate ou prevenção ao coronavírus, que serão compiladas e apresentadas em forma de Projeto de Lei Indicativo, onde caberá ao Executivo Municipal aceitar ou não as ações propostas.

Uma dessas propostas seria a criação de um fundo compartilhado, onde os recursos desse fundo seriam usados exclusivamente para o combate ao coronavírus na cidade, como a contratação de médicos, enfermeiros, serviços de higienização, produtos de higiene pessoal, cestos básicos, compra de equipamentos, entre outros itens. Ao fim da pandemia, caso sobre recursos nesse fundo, eles seriam destinados ao fundo municipal da Saúde.

"Com certeza o Executivo Municipal vai avaliar todas as propostas apresentadas pelos vereadores e vai por em prática as que forem possíveis de serem praticadas. Esse é um momento de união em prol da população", comenta o vereador Joaquim Fortunato.

Se o Executivo Municipal aceitar a criação desse fundo especial, que queremos que tenha a participação e fiscalização de membros da OAB, CIC, ACC, Sindilojas e Observatório Social, a Câmara de Vereadores pode repassar valores de sua dotação para serem investidos no auxílio da população, principalmente os trabalhadores informais que já sentem o peso dessa quarentena. Esse é um momento em que a política fica de lado, pois todos nós devemos nos unir em defesa da nossa comunidade", finaliza o vereador Edison Cordeiro. 

Foto: André Guterres/CMC



Postar um comentário

0 Comentários