ANUNCIE AQUI


Governo do Estado realiza novo leilão de veículos com parte da frota desativada




A Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) realiza, dia 17 de dezembro, o segundo leilão com veículos retirados da frota do Estado. Serão 220 unidades, entre automóveis de passeio, caminhonetes, caminhões e motocicletas, além de empilhadeiras e até mesmo uma moto aquática com reboque. A relação consta do edital nº 26/2019 publicado pela Subsecretaria Central de Licitações (Celic). Somados, os lotes à venda têm avaliação inicial de R$ 586 mil.

Um primeiro conjunto reúne 60 veículos em condições de uso, com preços que variam de R$ 1.600 (uma Kombi ano 1992) a R$ 26 mil, valor mínimo indicado para arrematar uma lotação Volare. Destaque também para duas caminhonetes que faziam parte da frota da Casa Militar, uma delas do modelo Toyota Hilux (2001) avaliada para lance de entrada em R$ 18 mil.

A segunda etapa do leilão, com início às 10h, no auditório principal do Centro Administrativo Fernando Ferrari (Caff), em Porto Alegre, compreende sete lotes de equipamentos diversos, entre os quais cinco empilhadeiras usadas no Porto de Rio Grande, com preços a partir de R$ 3.500. Nesta fase consta, inclusive, um conjunto de pranchas de esqui aquático que terá lances a partir de R$ 400.

Comércio de peças

Os veículos classificados como irrecuperáveis (sucatas) somam 153 lotes, com avaliação inicial que passa dos R$ 190 mil. Essa etapa é destinada exclusivamente aos centros de desmanches de veículos automotores, comércios de peças usadas e reciclagem de sucata ou então empresas de fora do Estado que estejam credenciadas para atuar na atividade de desmontagem de veículos automotores terrestres destinados à comercialização de partes, peças e acessórios automotivos, nos termos da Lei Estadual nº. 14.787. Para todos as situações, serão permitidas apenas lances em separados para cada item e o pagamento deverá ser realizado em até dois dias úteis após o leilão.

Redução nos gastos

A redução do número de veículos oficiais esteve entre as primeiras medidas de corte de gastos anunciadas no início do governo. De uma meta inicial de diminuir mil automóveis, a Seplag conseguiu, nos primeiros meses, desativar cerca de 1.800 veículos que atendiam secretarias, fundações e empresas públicas.

Com esta medida e outras ações de controle sobre a frota do Estado, a secretaria registra diminuição nos gastos com combustíveis. No acumulado entre janeiro e novembro, a economia chega a R$ 2,5 milhões em abastecimentos. A meta da Seplag, através do Departamento de Transportes (Dters), é desativar cerca de 2.300 veículos até 2021.

Parte da frota desativada já foi objeto de leilão em maio, um dos mais concorridos já realizados pela Celic. Dos 286 lotes colocados à venda, 274 itens foram arrematados, o que representou uma receita de R$ R$ 1,056 milhão.


LEILÃO DE VEÍCULOS

Quando: 17 de dezembro de 2019, terça-feira
Horário: 10h
Onde: auditório do Centro Administrativo Fernando Ferrari – av. Borges de Medeiros, 1.501, térreo – bairro Praia de Belas, Porto Alegre
Como ver os veículos: é preciso agendar nos depósitos, na capital e no interior, onde estão os veículos; os telefones constam no edital

Por Pepo Kerschner/Ascom
Foto: Divulgação/Arquivo


Postar um comentário

0 Comentários