ANUNCIE AQUI


Polícia prende mãe e filho em Cachoeirinha por suspeita de furtos a bancos





A POLÍCIA CIVIL, por meio da 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos, do Departamento Estadual de Investigações Criminais – DEIC - 1ª DR/DEIC/DINC, efetivou a captura de duas pessoas (mãe e filho), alvos de investigações sobre crimes de FURTOS QUALIFICADOS praticados em detrimento de INSTITUIÇÕES BANCÁRIAS. Ambos foram localizados na cidade de CACHOEIRINHA/RS, nesta tarde do dia 15/07/2019.

Segundo o Delegado JOÃO PAULO DE ABREU, titular da 1ªDR/DEIC, a especializada vem desenvolvendo investigações acerca de recentes crimes praticados contra instituições bancárias, no Estado do Rio Grande do Sul. Nesses eventos, os criminosos conseguem subtrair valores de cofres e terminais de auto-atendimento, através do rompimento de obstáculos, com emprego de instrumentos de corte e de perfuração, bem como através do concurso de pessoas.

Nesse contexto, especialmente o filho vem sendo investigado, face a sua potencial vinculação com crimes ocorridos no interior do Estado, como dito, em data recente. Para além, disso, ele e a mãe inclusive já foram alvos de Operações da 1ª DR/DEIC, sendo que em 2017, elencados como autores de crime de furto qualificado ocorrido nas dependências de um Supermercado, na Avenida Protásio Alves, tendo como alvo, um caixa eletrônico. Nesse fato, restaram eles e mais outros 3 (três) réus, condenados a penas privativas de liberdade, pelo juízo da 1ª Vara Criminal do Foro Alto Petrópolis, bem como condenados, à título de indenização pelos danos materiais causados no terminal de auto-atendimento, na importância de R$40.000,00.

NILCEU também foi alvo de investigações face a crime de furto praticado em outro Supermercado, já na cidade de QUINTÃO/RS, ocorrido em 01/01/2018, quando preso em flagrante, juntamente com VILMAR CORREA DOS SANTOS (alvo da OPERAÇÃO AGUREJO), no momento em que tentavam subtrair valores do COFRE existente no local. Além disso, é réu em diversos processos na Justiça Federal do Estado do Rio Grande do Sul.

Afora isso, face as investigações criminais em andamento e pesquisas constantes, tomou-se conhecimento através do sistema BNMP/CNJ da decretação de prisões preventivas para os investitgados, razão pela qual, diligências foram realizadas com a finalidade de efetivar a prisão das citadas pessoas. Anote-se que os mandados se relacionam a recente localização de veículos e outros produtos ilícitos, em local relacionado aos presos, na cidade de Porto Alegre, investigação criminal realizada pela Polícia Civil em Canoas.

Na cidade de CACHOEIRINHA/RS, após intensa vigilância em locais identificados, foi efetivada a abordagem ao veículo BMW/X1, blindado, no qual o indivíduo foi localizado e preso. O referido portava documentos falsificados. Ainda, identificou-se o local aonde a mulher estaria se ocultando, no caso, um apartamento. Em sua posse foram encontradas notas entintadas (aparentemente decorrentes de crimes), bem como no local, instrumentos comumente utilizados para romper obstáculos, além de 1 (um) cartucho de munição no calibre .380 ACP, caixas de cigarros e outros.

As investigações prosseguem pela 1ª DR/DEIC, especialmente, face a existência de indícios concretos de haver ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA vocacionada à prática de crimes de CONTRA INSTITUIÇÕES FINANCEIROS, da qual toma parte, pelo menos, o indivíduo investigado. 

Foto: divulgação/PC


Postar um comentário

0 Comentários