ANUNCIE AQUI


GRAVATAÍ | Marco Alba anuncia projeto de lei que prevê R$ 8.794 milhões para obras viárias


Foto: Paulo Oliveira/Divulgação

Recursos estão contemplados em financiamento já aprovado junto ao Banco do Brasil 

O prefeito Marco Alba enviou para a Câmara de Vereadores na tarde desta segunda-feira, 18, o projeto de lei que autoriza a Prefeitura a contratar operação de crédito com o Banco do Brasil, já aprovada, até o valor de R$ 8.794 milhões, destinados à construção da Ponte na Rua Papa João XXIII, na Morungava, e asfaltamento da Estrada Municipal Neópolis, trechos 1 e 2, da Avenida das Acácias, Bairro Jardim das Acácias; da Rua Jardim do Paraíso, Bairro Rincão da Madalena; e da Estrada Lino Estácio dos Santos, trecho de 1.200 metros.

O Banco do Brasil aprovou, em outubro do ano passado, R$ 20 milhões de limite operacional à Prefeitura. Os recursos são disponibilizados aos municípios que apresentam uma boa gestão fiscal e são liberados de acordo com os projetos que estão em andamento, não havendo comprometimento de prazos. Nesse montante estão incluídas a duplicação das pontes do Parque (R$ 4,8 milhões), revitalização da Rótula do Aldeião (R$ 1,2 milhão), iluminação (R$ 300 mil), além da compra de máquinas e equipamentos para a Secretaria de Obras (Smop).

Tais obras são de extrema importância para a população de Gravataí, pois as vias a serem executadas fazem parte do anel viário pelo qual se desloca o transporte coletivo municipal. A duplicação da Ponte da Morungava e o asfaltamento destas vias trazem maior agilidade aos usuários do transporte coletivo, representando qualidade de vida e maior eficiência do transporte coletivo aos bairros beneficiados.

Além disso, as vias contempladas melhorarão todo o fluxo de veículos pela região, trazendo maior desenvolvimento às famílias locais, transformando as referidas vias em rotas alternativas de desenvolvimento e circulação da Cidade. "Com as contas sob um rigoroso controle, resultado de uma política austera, hoje a Prefeitura está em condições de financiar recursos para obras estruturais", afirma o prefeito. 


Texto: Luiz Fernando Aquino / Foto: Paulo Oliveira 



Postar um comentário

0 Comentários