Marco Alba assinando a autorização 
                                           de início das obras


Solenidade foi nesta segunda-feira, 17 

Às vésperas das celebrações de Natal e de Ano-Novo, o prefeito Marco Alba entregou para a cidade um presente esperado há pelos menos 30 anos ao assinar, na manhã desta segunda-feira, 17, a ordem de início das obras de duplicação das pontes do Parque dos Anjos. O prazo de conclusão é de 12 meses. No ato, realizado junto ao local onde as máquinas já estão trabalhando, à esquerda das pontes, em direção ao Parque, o prefeito também formalizou financiamento com o Banco do Brasil (BB) no valor de R$ 6.165.220,63 - R$ 4,8 milhões para as pontes, R$ 1 milhão para a readequação da Rótula do Aldeião e R$ 300 mil para a iluminação daquele trecho.

"Este é um momento histórico, de celebração de uma conquista da comunidade e também dos empreendedores que acreditaram na nossa cidade. Quando todo o esforço e trabalho se materializam em obras significativas, com a magnitude desta, todos saem vitoriosos", destacou Marco Alba, fazendo um agradecimento especial à sua família pelo apoio em todos os momentos. Ressaltou ainda o empenho dos vereadores que formam a base de apoio ao governo, responsáveis por mudanças estruturais na legislação muncipal "indispensáveis e necessárias para o crescimento e desenvolvimento da cidade".

O presidente do Legislativo, vereador Airton Leal, agradeceu ao prefeito em nome dos colegas parlamentares e da comunidade gravataiense pelo "presente de Natal". "Temos muito orgulho de estarmos hoje aqui vivenciando esse momento histórico, pois a base governista sempre trabalhou de forma unida com a Prefeitura para concretizar esta grande e sonhada obra que é um presente para todos nós. Parabéns, prefeito pelo trabalho responsável que viabilizou a execução da tão aguardada duplicação das pontes do Parque dos Anjos", disse o presidente da Câmara.

O diretor da empresa Ecovilla Construções, vencedora da licitação para a realização da obra, Celestino Villares, frisou que os trabalhos no leito do rio devem ser realizados no período noturno, e que por isso não devem prejudicar o trânsito no local. Ele fez referência à demanda histórica da duplicação e frisou que "a partir de agora, lenda não é mais", enaltecendo a atitude do atual governo municipal, que tornou a obra uma realidade.

A solenidade se encerrou com uma bênção do padre Lucas Mendes, que destacou a união que a duplicação das pontes proporcionará entre as comunidades da cidade. "Que o espírito de comunhão e fraternidade esteja sempre presente e que esta obra, muito além de unificar regiões, unifique também os corações de todos os gravataienses", concluiu o padre, desejando um excelente Natal e boas festas a todos.


Sobre as obras duplicação

A extensão das duas pontes do Parque dos Anjos é de 248 metros. Segundo dados da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semurb), cerca de 40 mil veículos utilizam as estruturas diariamente, conforme contagem feita em dezembro de 2017. Nesse mesmo período, o trecho foi municipalizado e permitiu que a obra fosse realizada pelo município.

Com a duplicação, a Prefeitura vai resolver definitivamente os problemas de congestionamento nas pontes do Parque. Em horários de pico e no verão, a via fica trancada devido ao grande volume de veículos em direção ao bairro ou acessam o Litoral pela ERS-030. Esta é a principal etapa de um conjunto de ações que visam melhorar a trafegabilidade urbana na cidade, que engloba também a duplicação da Avenida Centenário, a revitalização da Avenida Adolfo Inácio de Barcelos e a reformulação da rótula próxima ao Ginásio Aldeião. Posteriormente, a Prefeitura planeja a continuação da duplicação até o trecho municipalizado, em frente à Pirelli.


Histórico

A duplicação das pontes havia sido anunciada no dia 11 de setembro último pelo prefeito, quando foi lançado edital de licitação da obra. O local é a principal via de acesso para algumas das maiores indústrias de Gravataí, como General Motors, Pirelli e TDK. Também será caminho para o Residencial Breno Jardim Garcia, que até o final do ano começa a receber as primeiras famílias de um total de 2025.

"Primeiro era preciso arrumar a casa, pagar as contas e reduzir o endividamento da Prefeitura. Em seis anos, foram pagos quase R$ 300 milhões de dívidas, e o endividamento caiu de 60 % em 2012 para 6 % em 2018. Com o equilíbrio das contas, agora sob controle, a Prefeitura ficou em condições de fazer investimento em infraestrutura", salientou Marco Alba.

Também estão sendo investidos R$ 27,5 milhões no Plano de Infraestrutura, Asfaltamento e Recapeamento de Vias para 2018 (2º semestre) a 2020 (1º semestre). A maior parte, R$ 14 milhões, será destinada para asfaltamento.


PRESENÇAS

Estiveram na cerimônia a primeira-dama Patrícia Bazotti Alba, o vice-prefeito Áureo Tedesco, o secretário Municipal de Mobilidade Urbana Alison Silva, o secretário Municipal de Obras Públicas Paulo Martins, o gerente geral do Banco do Brasil da agência Gravataí, Rodrigo Coral Azambuja, os vereadores Alex Tavares, Alan Vieira, Bombeiro Batista, Fábio Ávila, Clebes Mendes, Mário Peres, Nadir Rocha, Neri Facin, Paulinho da Farmácia e Roberto Andrade; o ex-deputado federal Jones Martins, membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, presidentes de associações comunitárias, secretários municipais e demais membros do governo.



Texto: Cristine Luiza Schmidt / Edição: Luiz Fernando Aquino / Fotos: Paulo Oliveira