ANUNCIE AQUI


CACHOEIRINHA: Parceria com a Cesuca proporciona atendimento gratuito aos fibromiálgicos


Tratamento é fruto de parceria entre o Centro Universitário, Mandato do vereador Cristian Wasem e Grupo Gente de Fibro



Iniciaram no último dia 31 de março, os primeiros atendimentos aos fibromiálgicos realizados pelo Curso de Fisioterapia do Centro Universitário Cesuca.

Foram escolhidos 20 pacientes que passarão por tratamento com aplicação de ultrassom e laser terapêutico que reduzem os sintomas de quem sofre com a doença.

Além da aplicação do laser, as pacientes terão acompanhamento com educador físico que também pode ajudar a manter a massa óssea, melhorar o equilíbrio, reduzir o estresse e aumentar a força das pacientes.

Os critérios da escolha foram, ter o laudo comprovando a doença, gravidade da crise e residência em Cachoeirinha.

O trabalho é realizado pelos alunos da entidade e orientado pela coordenadora do Curso de Fisioterapia e Educação Física Sandra Magali Heberle.

“Estamos muito felizes por esse momento tão importante na formação de nossos alunos de Fisioterapia e também por podermos colaborar na assistência à comunidade, pois este é um dos nossos objetivos, formar profissionais íntegros, inovadores, preocupados com a saúde da comunidade de forma geral”, revelou.


PARCERIA


Em fevereiro, iniciaram as tratativas junto ao vereador Cristian Wasem, reitor do Centro Universitário, Ricardo Muccillo, coordenadora do Curso de Fisioterapia, Sandra Magali Heberle e com a coordenadora do Grupo Gente de Fibro, Karen Prestes.

O encontro buscava o apoio do Centro Acadêmico, junto ao complexo do curso de Fisioterapia para a aplicação do tratamento através de equipamento desenvolvido pelos pesquisadores do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP.

O equipamento batizado pela USP de "Recupero'' reúne tecnologia laser e ultrassom, aplicada na palma das mãos e ameniza as dores causadas pela síndrome.

O procedimento vem sendo realizado pela USP desde 2018, quando a equipe de físicos, fisioterapeutas estiveram na cidade realizaram pesquisa com a aplicação em pacientes que obtiveram ótimos resultados.


MAIS DE 50 PESSOAS JÁ RECEBERAM O TRATAMENTO EM CACHOEIRINHA


“Em Cachoeirinha o tratamento já foi aplicado em 50 pacientes, todos com resultados muito promissores. Relatos das pessoas que têm a síndrome revelam melhora nas dores, fadiga e sono. Agora com a parceria da Cesuca poderemos ampliar o número e proporcionar tratamento de qualidade a mais pacientes”, destacou o vereador Cristian Wasem.

Os processos de atendimento em Cachoeirinha iniciaram em Julho, quando o Grupo Gente de Fibro recebeu o equipamento, reuniu os pacientes em fila de espera e juntou-se ao G.E Onze Unidos que cedeu a sua sede para a aplicação.

“Somos muito gratos pela rede do bem que foi criada que possibilitou todo esse movimento. Destacando o trabalho do vereador Cristian Wasem, que desde 2017 vem trabalhando em defesa de políticas públicas para os fibromiálgicos”, finalizou a coordenadora do Grupo.


ACESSO AO TRATAMENTO


Se você tem interesse no tratamento, precisa preencher alguns requisitos.


* Ser morador de Cachoeirinha;


* Ter laudo médico que comprove a síndrome:


* Ter a carteirinha de identificação da pessoa com Fibromialgia;

* E passar pela avaliação realizada pela Equipe de Fisioterapeutas da Cesuca.


Para fazer a carteirinha você precisa entrar em contato com as Coordenadoras do Grupo Gente de Fibro Karen Prestes - fone: 51 9351-7428 ou Gisele Rosa - fone: 51 8956-5434 através do Whats e apresentar comprovante de residência, laudo médico, foto digital, RG e CPF.

Por Carol Cândido/Ascom - foto: divulgação
Publicado em 04 de abril de 2022 - 11h04min



Postar um comentário

0 Comentários