ANUNCIE AQUI


Câmara de Gravataí repassa mais de 3 milhões para construção da nova emergência do Hospital Dom João Becker



A Câmara de Gravataí confirmou o repasse de mais de 3 milhões de reais para a construção de uma nova emergência da Santa Casa, no Hospital Dom João Becker. O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira (21).

O valor total do repasse foi de R$ 3.190.500, resultado da economia realizada pela Câmara ao longo de 2021. O dinheiro já foi repassado pelo Legislativo para a prefeitura e será utilizado para dar início às obras da nova emergência do SUS.

“A nova emergência vai materializar para a cidade que a Santa Casa chegou em Gravataí”, afirmou o presidente do Legislativo, vereador Alan Vieira (MDB).

O anúncio do repasse foi feito após uma audiência dos vereadores com a direção da Santa Casa. O presidente Alan destacou que a reunião foi uma sugestão da própria Santa Casa para prestação de contas da atuação no município.

O diretor-geral da Santa Casa, Julio Matos, agradeceu aos vereadores pelo repasse feito pela Câmara. “É por isso que fizemos questão de vir prestar contas aqui. É com os recursos dos senhores que nós vamos começar este projeto”, afirmou.

Ele destacou que o aporte irá possibilitar o começo da obra da nova emergência, em novembro. A previsão é de um ano de obras, ao custo de R$ 10,6 milhões.

A Santa Casa prevê entregar ainda em 2021 uma nova UTI no Becker, com mais 10 leitos. O investimento realizado foi de R$ 6,5 milhões.

Os planos futuros da Santa Casa também envolvem a construção de um novo hospital em Gravataí, em um terreno situado na rua de trás do Becker.

“Mais do que um desejo, era um dever nosso estar aqui. O Becker é o hospital de Gravataí. É um patrimônio de Gravataí, um bem da cidade. Trabalhar para destruir o Becker é trabalhar para destruir a única entidade assistencial que o município tem”, afirmou o diretor Matos.

Ele apresentou dados de receitas e despesas do Becker desde a incorporação do hospital pela Santa Casa, em julho de 2018. O déficit acumulado nesse período é de R$ 31,7 milhões, destacou.

Matos explicou que o setor de saúde passa atualmente por um gargalo, por conta da demanda represada de atendimentos durante a pandemia. Ele destacou que a Santa Casa manteve um hospital de campanha ao lado do Becker por mais de um ano para atendimento de pacientes com covid-19.

“Muitos municípios desmobilizaram estruturas antes do tempo, mas Gravataí manteve e salvou vidas por conta disso”, afirmou. O custo do hospital de campanha para o município foi de R$ 15,5 milhões.

Também fizeram parte da mesa o superintendente do Hospital Dom João Becker, Antônio Weston, e o provedor da Santa Casa, Alfredo Englert. Após a apresentação, os vereadores puderam fazer perguntas para a direção da Santa Casa. 

Via Ascom/CMG - foto: João Flores da Cunha/CMG




Postar um comentário

0 Comentários