ANUNCIE AQUI


Projeto de combate ao desperdício de alimentos de autoria do vereador Cristian Wasem (MDB) foi aprovado pela Câmara



De onde sobra, para onde falta


CACHOEIRINHA | “Acabar com a fome e evitar o desperdício de alimentos é mais que uma causa, é necessidade”, essa é a justificativa do vereador Cristian Wasem sobre o projeto aprovado, que permite que estabelecimentos que queiram fazer a doação de alimentos, chamados de “sobras Limpas” façam depois de cadastro junto a administração municipal. O projeto regulamenta a Lei Federal 14.016 de 2020. Ela possibilita que, estabelecimentos comerciais que produzem, preparam, processam ou fracionam alimentos destinados ao consumo humano, e revendedores de produtos in natura, possam colocar o que não é consumido em disponibilidade para doação à entidade pública ou privada de assistência social, para consumo direto ou em programa próprio de inclusão, em todo o município de Cachoeirinha.

Também está previsto no projeto que será de responsabilidade da entidade receptora da doação o procedimento de transporte, armazenamento e distribuição, bem como a manutenção das condições sanitárias dos alimentos.

Conforme o autor, a ideia é que seja realizada uma campanha de mobilização aos restaurantes e supermercados da cidade para que todos se engajem nesse projeto.
Segundo o vereador, os alimentos poderão ser repassados desde que não tenham sido comercializados, como as sobras de refeições consumidas pelos clientes; estejam próprios para consumo humano; estejam dentro do prazo de validade e nas condições de conservação apontadas pelo fabricante; não tenham a integridade comprometida, mesmo que haja dano à embalagem e estejam mantidas as propriedades nutricionais. “A fome tem pressa”, finalizou.


Por Carolina Cândido/Ascom - Foto: Tiago Raupp/TV Câmara



Postar um comentário

0 Comentários