ANUNCIE AQUI


Prefeitura de Cachoeirinha emite nota sobre operação do MP que investiga supostos desvios de recursos públicos da cidade




No início da tarde desta terça-feira (1º), a Prefeitura de Cachoeirinha emitiu uma nota oficial sobre a Operação Proximidade do Ministério Público, que investiga possíveis irregularidades nos pagamentos dos serviços de limpeza urbana da cidade, que pode ter lesado os cofres públicos em milhões de reais.



Abaixo segue a nota oficial:



Nota oficial

Prefeitura determina contratação de nova empresa para serviços de limpeza
Diante de operação do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS), realizada nesta terça-feira (1), averiguando a contratação de serviços de limpeza, a Prefeitura de Cachoeirinha reafirma seu compromisso com a transparência e o respeito ao cidadão. Assim sendo, esclarece que:

1. Sempre esteve à disposição dos órgãos de fiscalização e controle para todo tipo de esclarecimento e informação. Por iniciativa própria — diante de questionamentos surgidos no Legislativo Municipal —, o prefeito procurou o Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado, ainda em 2020, para levar a documentação relativa aos contratos analisados e colocar-se à disposição das instituições.

2. O mesmo zelo seguirá sendo a tônica da atuação da Prefeitura, que está colaborando de modo irrestrito com a promotoria responsável pela averiguação.

3. Acatando decisão judicial, o secretário municipal citado pelo MPRS foi afastado. O prefeito determinou que o vice-prefeito, Mauricio Medeiros, assuma a pasta, reforçando a clareza nos atos.

4. O prefeito também determinou a abertura imediata de processo de contratação emergencial de nova empresa para prestar os serviços de limpeza urbana, conservação, manutenção de próprios e logradouros públicos. O atual contrato está suspenso por decisão judicial. A prioridade do município é garantir que os cidadãos não sejam prejudicados com a ausência desses trabalhos nas ruas da cidade.

5. A Prefeitura seguirá trabalhando para que os fatos sejam esclarecidos e adotará as medidas que forem necessárias, de acordo com as decisões da Justiça e sempre com foco no interesse público. 


Foto: divulgação/MPRS



Postar um comentário

0 Comentários