ANUNCIE AQUI


Polícia prendeu dois servidores municipais suspeitos de desvio de vacina da Covid-19 em Viamão




A Polícia Civil gaúcha deflagrou nesta quarta-feira (09/06), a OPERAÇÃO GALENO, que teve como alvos dois servidores da Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura de Viamão, investigados pelo desvio de vacinas para a SARS-COVID19 com a finalidade de venda clandestina. Na ação, foi cumprido mandado de busca e apreensão na residência dos suspeitos, sendo apreendido um frasco de imunizante CORONAVAC, parcialmente consumido, 03!medicamentos com princípio ativo classificado pela ANVISA como causadores de dependência física e psíquica (drogas) também desviados do SMS, bem como quantia expressiva de insumos médicos desviados do acervo municipal do SUS (dentre eles grande quantidade de seringas). Durante a diligência foram ainda apreendidos receituários médicos com timbres de diferentes instituições de saúde em branco(inclusive para medicamentos controlados - receita azul) e dois carimbos com nome e CRM de médicos gaúchos. Foram encontrados ainda cartuchos de munição.762 (uso restrito das forças armadas e policiais).

Os servidores foram presos em flagrante pelos crimes de peculato, infração de medida sanitária preventiva majorada e tráfico majorado de de drogas. Também foi representado pela decretação da prisão preventiva e afastamento cautelar dos servidores de suas funções públicas.

A investigação teve origem em denúncia formulada pelo Poder Executivo Municipal e terá curso durante a instrução do Inquérito Policial Complementar ao APF hoje lavrado, o qual irá apurar também a origem das munições apreendidas e crime de corrupção ativa praticado por pessoas que tenham pago valores para a aplicação clandestina do imunizante.

Via PC/RS



Postar um comentário

0 Comentários