ANUNCIE AQUI


CACHOEIRINHA | Projeto que garantiria segurança aos atendimentos no Conselho Tutelar é derrubado na Câmara de Vereadores

 

Projeto foi derrubado na sessão legislativa desta terça-feira (15)


Após ouvir a demanda das conselheiras tutelares de Cachoeirinha, o vereador Mano do Parque (PSL), resolveu apresentar o Projeto de Lei Legislativo nº 70/21 que tornaria obrigatória a presença de 1 guarda municipal em tempo integral nas dependências da sede do Conselho Tutelar da cidade. O pedido se baseou em casos graves de violência ou abuso que são atendidos pelas conselheiras.

Atualmente os agentes da Guarda Municipal trabalham no patrulhamento ostensivo com viaturas, percorrendo as vias da cidade e também na segurança de prédios públicos, como escolas, UPA e secretarias municipais.

O projeto quando baixou para a análise das comissões permanentes da Casa Legislativa, recebeu pareceres favoráveis das Comissão de Constituição, Justiça e Infraestrutura Urbana, da Comissão de Segurança Pública, Direitos Humanos e de Proteção às Crianças, aos Adolescentes, aos Idosos e às Pessoas Portadoras de Deficiência Física e de Necessidades Especiais.

Na sessão legislativa da semana passada, o projeto não foi votado pois o vereador Deoclécio Mello pediu vistas (retirada para uma maior análise do projeto). Hoje ao ser colocado em votação, o vereador Mano fez a defesa do projeto, informando que são diversos casos de crianças e adolescentes que são retiradas de condições como a vivência em meio ao tráfico de drogas e que estão expostas ao risco de morte, onde pessoas ligadas ao tráfico já rondaram as dependências do conselho tentando resgatar adolescentes retirados de bocas de fumo. Mano também lembrou que na UPA e na secretaria municipal de Saúde existem guardas municipais na recepção.

Edison Cordeiro e David Almansa se manifestaram positivamente ao projeto em tribuna, relatando as precariedades e os perigos enfrentados pelas conselheiras.

Apesar dos argumentos apresentados, somente os vereadores Edison Cordeiro (Republicanos), Nelson Martini (PTB), Marco Barbosa (PP) e David Almansa (PT) votaram a favor do projeto apresentado por Mano do Parque, que recebeu 10 votos contrários.

Esperamos que nada de pior aconteça, pois apesar das críticas que vemos nas redes sociais contra o trabalho do Conselho Tutelar, são diversos os casos tenebrosos de violência e abusos que ocorrem na cidade e que não tem a devida divulgação para a preservação das partes envolvidas.

Da Redação Info do Vale Notícias - foto: arquivo/PMC





Postar um comentário

0 Comentários