ANUNCIE AQUI


Gravataí aplicou 1.433 doses da vacina contra o coronavírus neste sábado



A Prefeitura de Gravataí, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e da Vigilância em Saúde (Viemsa), realizou a aplicação de 1.433 doses em idosos acima de 63 anos. O vice-prefeito Dr. Levi Melo, o secretário municipal da Saúde, Régis Fonseca, e o coordenador da Atenção Básica, Luciano Albrecht, acompanharam a vacinação. “É um momento especial, sem dúvidas, porque representa vitória e esperança renovada. É muito gratificante ver os idosos felizes ao receberem a vacina e a equipe de saúde trabalhando com entusiasmo no atendimento à população”, disse Dr. Levi.


Além da imunização, o dia também foi uma oportunidade para fazer o bem. As unidades de saúde receberam dos idosos que foram receber vacinação doações de alimentos para o Comitê de Solidariedade. “Doar é um ato de generosidade. Agradecemos a cada pessoa que está fazendo a sua doação. Isso só fortalece essa corrente de esperança e amor ao próximo que beneficia aqueles que estão mais vulneráveis nesse momento de pandemia", complementou o vice-prefeito.

O secretário da Saúde, Régis Fonseca, ressaltou a eficácia da vacinação e a importância dos cuidados. "A vacina reduz a transmissão, mas não a elimina. Por isso, é fundamental que a população siga respeitando as medidas de distanciamento e prevenção." O secretário também lembrou que, até o momento, 44 mil vacinas já foram aplicadas, tornando Gravataí a primeira, entre as maiores cidades da Região Metropolitana, em número de imunizações.


A emoção ao receber a vacinação


"Gratidão a Deus por me dar esta oportunidade de ser vacinada e, também, à ciência, pela sua eficiência. Emoção me define hoje", falou, emocionada, Marta Ávila, de 63 anos. Ela ainda agradeceu pela excelência do entendimento na Unidade Básica de Saúde Parque dos Anjos.

O senhor João Francisco Pereira, de 63 anos, que teve a sua esposa acometida pela covid-19 no ano passado, celebrou a aplicação da vacina. "Estou torcendo para que todos possam receber a vacinação logo. Precisamos voltar à normalidade nas nossas vidas."



Texto e foto: Giulliano Pacheco - Edição: Tiemi Sá/PMG



Postar um comentário

0 Comentários