ANUNCIE AQUI


GRAVATAÍ | Retomadas as obras de revitalização da avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira


Empresa que venceu a licitação iniciou a abertura das baias de concreto nos trechos 3 e 4 da via



Teve início nesta semana a construção das baias de concreto das paradas de ônibus dos trechos 3 e 4 da avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira. A extensão, compreendida da parada 63 (nas proximidades da ponte do Arroio Barnabé) até a parada 74 (nas proximidades do viaduto sobre a ERS-118), já havia recebido asfalto e sinalização viária totalmente novos. A obra faz parte da revitalização total da avenida Dorival iniciada no último ano do governo Marco Alba e, que tem continuidade, agora, no governo do prefeito Luiz Zaffalon.

Segundo o secretário substituto de Mobilidade Urbana, Guilherme Ósio, esta etapa da obra estava na dependência da chegada do aço - material imprescindível para a fabricação do concreto. “A previsão do fornecedor é de entregar o aço na primeira semana de abril. Por isso, a empresa que venceu a licitação iniciou a escavação das baias”, explicou Guilherme.

O prefeito Zaffalon destacou a importância da revitalização da avenida Dorival de Oliveira para o município. “Estão sendo realizadas melhorias importantes para o sistema de transporte público e para a mobilidade, como um todo. Uma boa via facilita, o ir e vir, dando mais qualidade de vida para aqueles que, por ali, trafegam”, disse.


Reciclagem de material


O trabalho iniciou na parada 63. Os material que estão sendo retirados com a escavação, como piso PVS e areia, serão reciclados e utilizados em outras obras do município. Ao todo, devem ser salvos e recuperados 2 mil metros cúbicos de areia e 6 mil metros quadrados de PVS (pavimentação intertravada com blocos de concreto). Todos os materiais estão sendo levado para a Usina de Asfalto, onde serão selecionados e reciclados. Os pisos poderão ser usados nos ecopontos e escolas, enquanto a areia terá como provável destino as obras de drenagem e patrolamento.


A obra de revitalização


A avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira terá toda a sua extensão (16,2 quilômetros), composta por duas pistas com seis faixas de rolamento, revitalizada, com novo asfalto, e nova sinalização viária, além do sistema de transporte público. O valor total é de R$ 13 milhões e a entrega está prevista para o segundo semestre deste ano.


Os 62 módulos (cada um contendo 4 metros) de abrigos de ônibus, em toda a extensão da via, já foram instalados, totalizando os 46 pontos de parada, distribuídos nos dois sentidos. O tamanho da parada, ou seja, a quantidade de módulos instalados em cada local, foi definida de acordo com o fluxo de circulação de pessoas.


As baias de concreto que estão sendo construídas evitam a deformação do pavimento, tendo, consequentemente, uma maior durabilidade, com previsão mínima de 20 anos. Além disso, uma faixa preferencial para o transporte público de passageiros está sendo implantada, com o objetivo de dar maior fluidez e qualidade para os usuários do transporte coletivo. A faixa, sinalizada com uma demarcação azul, terá horários específicos de funcionamento.



Texto: Paloma Vargas - Foto: Divulgação/PMG - Edição: Tiemi Sá







Postar um comentário

0 Comentários