ANUNCIE AQUI


CACHOEIRINHA | Cristian Wasem apresenta projeto para proteção dos direitos da pessoa com fibromialgia


Na manhã da última quarta-feira (24), o vereador Cristian Wasem (MDB) fez a entrega do Projeto Indicativo que institui a Política Municipal de Proteção dos Direitos da Pessoa com Fibromialgia.



O objetivo do projeto é organizar as leis municipais na prática e aplicar uma política municipal que de fato traga resultados positivos para estas pessoas e seus familiares.

Na Sessão Legislativa do último dia 23, na Assembleia Legislativa, tivemos a aprovação da Lei que institui a Política Estadual de Proteção dos Direitos da Pessoa com Fibromialgia, a lei terá o nome de Daniel Lenz em homenagem ao Presidente da Associação Nacional dos Fibromialgicos e doenças correlacionadas, que faleceu no início dessa semana, vítima do Covid-19.

"Seguiremos os passos deste exemplo de ser humano, Daniel Lenz, unindo esforços com os Governos Municipal, Estadual e Federal, com o grupo Gente de Fibra Cachoeirinha, ANFIBRO e outras entidades, buscando sempre a promoção da qualidade de vida para as pessoas que sofrem de fibromialgia", comenta Cristian.


O que é fibromialgia?


Dores fortes pelo corpo, por períodos prolongados e que não passam, mesmo com remédios. Esses sinais podem indicar fibromialgia, uma doença que ainda confunde as pessoas por causa dos sintomas diversos.

Mas as dores da fibromialgia não são comuns, são crônicas. Elas duram ao menos dois meses e analgésicos comuns não fazem efeito. Quando é detectada uma dor assim, é recomendado que a pessoa procure uma unidade de saúde para ser avaliada. A doença foi registrada na década de 70 e cerca de 80% dos casos da fibromialgia são diagnosticados em mulheres.

Além das dores, a fibromialgia engloba várias manifestações clínicas, como fadiga, indisposição e distúrbios do sono.

Além de tratamentos baseados em analgésicos, relaxantes musculares e também antidepressivos, é importante o emprego da fisioterapia, acupuntura, terapia ocupacional e exercícios físicos.

Cerca de 2 milhões de brasileiros possuem a doença.




Com informações do Ministério da Saúde - foto: divulgação







Postar um comentário

0 Comentários