ANUNCIE AQUI


Gravataí | Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência faz reunião sobre políticas assistenciais


Com encontros abertos à participação do público, grupo se reúne ordinariamente na segunda segunda-feira de cada mês 


Com o objetivo de debater medidas necessárias para a melhora do atendimento das pessoas com deficiência em Gravataí, o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPD) promoveu, na tarde da última segunda-feira, 9, mais uma reunião com representantes da Prefeitura de Gravataí e de entidades civis. Os encontros ocorrem sempre na segunda segunda-feira do mês, na sala de reuniões da Secretaria Municipal de Governança e Comunicação Social (SGCOM), responsável por supervisionar a Assessoria de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência (APPPD).

Na oportunidade, os presentes puderam opinar sobre o desenvolvimento de políticas públicas por parte da gestão municipal. Investimento em áreas como a educação, através do estímulo precoce, e assistência social, com mais acompanhamento de profissionais, estão entre os pontos que foram levantados.

O secretário da SGCOM, Luiz Zaffalon, ressaltou que a Prefeitura está de portas abertas para ouvir e atender, sempre que possível, às demandas da população. “De maneira democrática, buscamos proporcionar um diálogo assertivo entre o governo e a pessoa com deficiência, junto a sua família. Dessa forma, ficamos cientes do que precisa ser melhorado.”

A presidente do Conselho e servidora com deficiência, Patrícia Lisboa, ponderou sobre a importância da presença do público nas reuniões. “Queremos atrair o maior número de pessoas para que possam compartilhar as dificuldades enfrentadas no cotidiano. Assim, estratégias de otimização poderão ser pensadas com o auxílio de todos.”


Presenças


Representando a Prefeitura de Gravataí, estiveram presentes servidores da Secretaria Municipal da Família, Cidadania e Assistência Social (SMFCAS), da Secretaria Municipal de Habitação, Saneamento e Projetos Especiais (SMHSPE) e da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semurb).


No âmbito civil, estiveram presentes representantes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), do Movimento Orgulho Autista Brasil (MOAB), do Centro Ocupacional de Familiares e Amigos dos Deficientes Mentais de Gravataí (COFAMEG) e da Associação das Pessoas com Deficiência Visual e Amigos (ADVA).


Texto e foto: Eduarda Narciso - Edição: Paloma Vargas



Postar um comentário

0 Comentários