ANUNCIE AQUI


Polícia Civil de Gravataí prende assassino da haitiana




A haitiana Germanie Paul, 29 anos, foi assassinada por estrangulamento no motel onde trabalhava como caixa, no dia 10 de agosto 


Por Redação Info do Vale - Com informações da PC/RS - Foto: Arquivo Pessoal


No final da tarde do último domingo (01), a Polícia Civil, por meio da 2ª Delegacia de Polícia de Gravataí, prendeu Kevin Lopes de Oliveira, de 24 anos, que confessou ser o autor do latrocínio da haitiana ocorrido no dia 10 de agosto no bairro Barnabé, em Gravataí. A ação, realizada no loteamento Breno Jardim Garcia, foi decorrente do cumprimento de mandado de prisão temporária e de busca e apreensão.

De acordo com o delegado Gustavo Menegazzo, "O indivíduo de 24 anos possui antecedentes pelos crimes de furto e roubo no Estado e em Santa Catarina. Durante a investigação, também foi possível localizar e recuperar o celular subtraído da vítima. Crimes dessa natureza merecem atenção diferenciada, não só pelo impacto e repercussão gerado na comunidade, mas também pela necessidade de se retirar de circulação delinquentes com esse potencial", afirmou o delegado. 

As investigações da Polícia Civil de Gravataí descobriram que o assassino é usuário de drogas e teria assassinado a vítima para não pagar as despesas com a bebida consumida no local. Ele estava em um dos quartos acompanhado de uma garota de programa, que ao depor informou que havia consumido drogas com o criminoso e havia saído do quarto 3 horas antes do crime ocorrer. 

Após estrangular Germanie, ele roubou cerca de R$ 400 do caixa do estabelecimento e o celular da vítima e fugiu do local.

Ele informou aos policiais que usou o dinheiro roubado e o celular para comprar drogas em um ponto de tráfico.

Kevin será enquadrado no crime de latrocínio, que a pena pode chegar a 30 anos de reclusão.

Germanie era casada e deixou três filhos. Ela morava no Brasil fazia 4 anos.


Postar um comentário

0 Comentários