ANUNCIE AQUI


Marco Alba vistoria obras de combate aos alagamentos na região da Avenida dos Estados




Arroio Barnabezinho está sendo limpo, alargado e afundado e galerias pluviais estão sendo ampliadas 

Texto/Foto: Paloma Vargas


Desde o início deste mês, a Prefeitura de Gravataí, por meio da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop), vem trabalhando para combater os alagamentos que ocorrem na região da parada 66, nas proximidades da Avenida dos Estados, no bairro Vila Branca. Para isso, está sendo feita a limpeza, alargamento e afundamento do Arroio Barnabezinho. Na semana passada, o prefeito Marco Alba esteve acompanhando os trabalhos.

Conforme o responsável pela área de Projetos da Smop, o topógrafo Aroldo Braga, um novo canal para escoamento da água até o Arroio Barnabé, na altura da Rua Soledade também está sendo aberto e as galerias pluviais, que passam embaixo da Avenida dos Estados serão trocadas e aumentadas. "O trânsito ficará em meia pista já que vamos levantar as pontes e aumentar todas as galerias para dar mais vazão a água, que vem de arroios menores, encontra o Barnabezinho, que vai para o Barnabé e desemboca no Rio Gravataí, na altura da Vila Rica."

Ele ainda explica que a foz do Barnabezinho já havia sido retificada em outra oportunidade, mas que teria ficado no contra fluxo do Barnabé. "Ou seja, a água ficava represada e por isso, alagava os entornos." Aroldo destaca que fazia cerca de 30 anos que o Barnabezinho não recebia uma limpeza como esta.

A população agradece

Moradores da região há 40 anos, o casal Carlos Valdir, 69 anos, e Maria Inês Silva, 66, se dizem esperançosos com as melhorias que estão sendo realizadas. "Não lembro da última vez que esse arroio foi limpo. Quando chove, isso aqui é um horror. Dá pena dos comércios que perdem tudo. É tanto prejuízo que a maioria das lojas já trocaram de dono por conta da água. Pra gente, que mora e não tem como sair, é ainda pior", diz Valdir.

Inês lembra que em dias de chuva, precisa caminhar três quadras a mais pra conseguir chegar na Avenida Dorival Cândido Luz de Oliveira. "A gente ainda tem sorte de conseguir sair. Tem pessoas que ficam ilhadas." Ela destaca que além da Prefeitura, a comunidade precisa fazer a sua parte. "Não tem governo que resolva se as pessoas jogam todo o tipo de lixo no arroio. Vocês precisam ver quando ele fica com o nível baixo, é só sujeira. Até sofá já vi ali. Tomara que agora, a população o mantenha limpo, como está ficando."




Postar um comentário

0 Comentários