ANUNCIE AQUI


Nova licitação para melhorar a coleta seletiva em Cachoeirinha





Até o retorno do serviço, quem necessitar do recolhimento pode ligar para 30416218 e agendar a busca. Ou leve diretamente para a Acrer, na Travessa Gregório de Castro, 65, Distrito Industrial


"Além de ampliar a coleta o governo pretende baixar o custo do serviço de recolhimento de lixo reciclável", informa o vice-prefeito Maurício Medeiros. Para isso, a Prefeitura preparou uma nova licitação através de pregão eletrônico, que acontecerá amanhã, dia 24.

A intenção é, na nova contratação, conseguir um valor mais em conta do que os R$ 60 mil mensais pagos no antigo contrato. "O contrato com a empresa fornecedora que fazia o recolhimento do lixo nas ruas era antigo, da gestão passada e estava desatualizado", explica Maurício.

Enquanto o serviço não é regularizado, a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Urbanos colocou um veículo para a coleta à disposição da população. Se você tiver algum tipo de material reciclável entre em contato com os fones (51) 30416218 e agende a busca do material.

Ou, se preferir, leve diretamente para a Associação dos Classificadores de Resíduos Recicláveis (Acrer), que fica na Travessa Gregório de Castro, 65, no Distrito Industrial. Se precisar de informações ligue, 34698668.

Quais materiais devem ser separados?

- PAPEL: jornais, revistas, cadernos, listas telefônicas, papelão, embalagens de papel e tipo longa vida.
- METAL: latas de cerveja e alumínio em geral, latas de conserva, panelas, talheres, cobre, zinco, bronze e ferro.
- PLÁSTICOS: garrafas PET, sacolas plásticas, embalagens de produtos de higiene, de limpeza e de alimentos, isopor, brinquedos e utensílios em geral.
-VIDROS: garrafas, vidros de conserva, vidros de produto de higiene e limpeza.
- ÓLEO DE COZINHA: descartar em garrafas pet.
- EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS. 



Por Gisele Ortolan - Foto: Arquivo/PMC 





Postar um comentário

0 Comentários