ANUNCIE AQUI


O poder do feminino em destaque na Câmara de Gravataí




“As conquistas que podem passar como corriqueiras não são”. Esse foi um dos destaques da fala da vereadora e presidente da Comissão da Mulher, Rosane Bordignon, em evento do mês da mulher na Câmara de Gravataí. Intitulada O poder do feminino, a atividade ocorreu na tarde de quarta-feira (20) e contou com a palestra da advogada Paula Vargas e da coach Janaína Alves.

Com abertura feita pelo presidente da Câmara, Clebes Mendes, o evento seguiu
presidido por Rosane Bordignon e seus companheiros na gestão da Comissão da Mulher, vereadores Alan Vieira e Roberto Andrade. Também esteve na mesa a servidora Ivete Medeiros, presidente da Associação dos Servidores da Câmara de Gravataí (Assec).

Em sua fala, Paula Vargas disse querer tratar de um tema fora do seu âmbito
profissional, mas algo que a “incomodava muito”. A advogada tratou de temas históricos referentes à data de 8 de março, mas também de termos e dúvidas que são trazidas com o assunto. “Feminismo não é intolerância, feminismo é igualdade”, disse após citar diversos exemplos de famosos adeptos do movimento.

Ao falar sobre o conteúdo do evento, Ivete Medeiros abordou a importância da
espiritualidade para auxiliar nos novos afazeres que a mulher acrescentou para si e vem acrescentando. Para trabalhar esse quesito foi chamada a coach e terapeuta vibracional Janaína Alves, que fez o encerramento da tarde, a qual teve a presença de diversos servidores e população. Como a dona Maria Judit Rezende, moradora de Torres, que recebeu convite para palestra e mesmo enfrentando longa viagem confirmou sua presença.

Maria diz ter achado o evento muito esclarecedor e que teve as melhores impressões. Sobre a palestra da advogada Paula Vargas, ela diz: “Aprendi sobre o termo feminismo e femismo, a diferença entre eles”. Ainda conta ter saído com nova visão e aprendizado. 


Por Caren Lopes Rodrigues
 
Divulgação/CMG





Postar um comentário

0 Comentários