ANUNCIE AQUI


Patrulha voluntária vai atuar pela inclusão e acessibilidade em Cachoeirinha





A força-tarefa tem a missão de promover ações de conscientização na comunidade


A Patrulha da Acessibilidade, Inclusão e Convivência de Cachoeirinha (Paic) já está pronta para atuar na cidade. Formada pelos integrantes dos Conselhos Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso, da APAE, do Centro de Atendimento e Inclusão Social de Cachoeirinha (Cais), além de pessoas com deficiência, familiares, profissionais da educação, saúde e assistência social a força-tarefa tem a missão de promover ações de conscientização na comunidade.

A iniciativa foi implantada nesta semana em Cachoeirinha quando cada patrulheiro recebeu um lenço branco com o símbolo internacional da Pessoa com Deficiência e a marca da Paic.

De acordo com o presidente da Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e com Altas Habilidades no Rio Grande do Sul (Faders), Roque Bakof, a missão é a de transformar as cidades em lugares melhores para todas as pessoas, através da eliminação das barreias, sejam elas arquitetônicas ou de comportamento. “São obstáculos que prejudicam todas as pessoas sejam elas gestantes, crianças em carrinhos, idosos e, naturalmente, também as pessoas com deficiência”, lembrou.

O secretário de Assistência Social, Cidadania e Habitação Valdir Matos, representando o prefeito Miki Breier, saudou a iniciativa e lembrou que a Prefeitura tem como missão promover a inclusão. “As novas calçadas da Flores da Cunha já são um exemplo do nosso trabalho. Seguiremos como parceiros para todas as ações que permitam que a cidade seja, cada vez mais, um lugar seguro para todas as pessoas”. 


Postar um comentário

0 Comentários