ANUNCIE AQUI


CACHOEIRINHA | Comitê Viva Mulher ganha novo local de atendimento





Recursos arrecadados através de parcerias vão possibilitar a ampliação no número atendimentos e mais ações na prevenção do câncer de mama e colo de útero


O Programa Viva Mulher realizou nesta terça-feira, dia 26, o ato de prestação de contas dos recurssos arrecadados desde o ano passado. Através de doações, como a dos Bombeiros, e das ações realizadas, como o Baile Rosa e o Pré-Reveilon, o grupo chegou à R$ 11 mil. O valor foi aplicado na reestruturação de quatro salas que passam a abrigar as estrutura da administração, tarapia, triagem e coletas.

Com isso, o atedimento passa a ser realizado no, Centro de Especialidades Clínicas localizado na Avenida Flores de Cunha, próximo à Prefeitura Municipal. “Neste local, além da atenção aos dois grupos de mulheres já atendidos pelo Viva Mulher, term condições de levar as ações a um público maior”, apontou a coordenadora do Comitê, a primeira-dama, Vanessa Moriais. “Nossos desafios e o trablaho vão aumentar, justamente porque nosso propósto e poder prestar estes serviços a todas as mulheres que precisarem”, acrescenta a Representante do Gabinete do Vice-Prefeito, Aliny Karen Tonolher.

O local será inaugurado no dia 11 de março, dentro do calendário de ações do Março Lilás. Troca do piso, pintura, renovação de paredes, persinas, reforma de banheiro, móveis e a compra de dois computadores estão entre melhorias.

Paulo Abrão, secretário de Saúde, destacou que as ações do Viva contribuiram para determinar um novo processo de atedimento, que contempla a visão integral da mulher. “Para além das questões ligadas ao câncer de mama e de colo de útero estamos avançando para os cuidados sobre todas as outras nuances, como o da violência contra a mulher”, apontou.

Para o vice-prefeito, Maurício Medeiros, a palavra de destaque no trabalho do Viva é a parceria. “Este é mais um exmplo de como nosso governo enfrenta as dificuldades: com o apoio de muitas pessoas que querem o melhor para a cidade”.

Conforme o prefeito Miki Breier, o Comitê, além de atar pelo fortalecimento das mulheres e meninas, seguirá trabalhando na prevenção. “Quanto se souber da doença, mais rápido será iniciado o tratamento e maiores as possibilidades de cura. Queremos cuidar da cidade e de todos que aqui habitam. É assim que queremos que as coisas aconteçam”, destacou. 



Por Gisele Ortolan

Postar um comentário

0 Comentários