ANUNCIE AQUI


Formados 87 novos servidores para reforçar perícias do Rio Grande do Sul




Os novos peritos criminais, médicos-legistas e técnicos em perícias do Rio Grande do Sul se formaram nesta quinta-feira (11). Ao todo, 87 novos servidores reforçam os quadros do Instituto-Geral de Perícias (IGP). A cerimônia foi realizada no auditório do Foro Central 2 de Porto Alegre e contou com a presença do secretário da Segurança Pública, Cezar Schirmer, e da diretora-geral do IGP, Heloísa Kuser.



O órgão passa a contar, a partir de agora, com o reforço de 31 peritos criminais, 27 técnicos em perícias e 29 médicos-legistas. A partir de segunda-feira (15), eles já desempenharão suas atividades nas unidades de destino. "Investir na perícia não é despesa, é melhorar as condições de toda a estrutura de investigação. É tornar incontestável o material que será remetido ao Ministério Público. Trata-se de uma atividade vital à Segurança Pública", afirmou Schirmer.

Schirmer: "Investir na perícia é melhorar condições das investigações"

Schirmer: "Investir na perícia é melhorar condições das investigações" - Foto: Rodrigo Ziebell/SSP
Heloísa Kuser destacou a importância do trabalho de elaboração de laudos que comprovem cientificamente a materialidade de um crime. "Nosso objetivo é consolidar o IGP como uma corporação, com servidores aptos à produção de provas técnicas e qualificadas", garantiu.

O concurso público do IGP promoveu o ingresso de 106 novos servidores. Destes, 19 não concluíram o curso, não passaram na análise de vida pregressa ou não se apresentaram no prazo legal. Desta forma, o Estado realizará novo chamamento, permitindo o ingresso de servidores até que o quantitativo determinado pelo edital seja atingido.

O curso

A formação dos técnicos em perícia teve 620 horas-aula. A de médicos-legistas, 648 horas-aula. A dos peritos criminais, 665 horas-aula. Os cursos foram ministrados na Academia Civil Integrada da Segurança Pública (ACISP), no Departamento de Criminalística (DC), Departamento Médico-Legal (DML) e na própria sede do IGP.

Os alunos receberam a capacitação no módulo básico de forma conjunta para depois receberem as aulas dos módulos específicos de cada função. O curso foi concluído com estágios práticos nas respectivas áreas de atuação.

Texto: Claiton Silva/SSP
Edição: Gonçalo Valduga/Secom
Foto: Rodrigo Ziebell/SSP


Postar um comentário

0 Comentários