ANUNCIE AQUI


GRAVATAÍ | Câmara aprova audiência pública e cria Frente Parlamentar Metropolitana Contra o Pedágio na ERS-118




A Câmara Municipal de Gravataí aprovou, nesta terça-feira (1º/6), dois requerimentos do vereador Paulo Silveira (PSB) para evitar a instalação de praças de pedágio na ERS-118. O primeiro deles propõe a realização de audiência pública, com a presença do governo do Estado, para debater o tema com a população de Gravataí e mostrar a posição da cidade.

O outro requerimento aprovado cria a Frente Parlamentar Metropolitana Contra o Pedágio na ERS-118. A ideia do colegiado é reunir vereadores de todos os municípios ligados pela rodovia para fortalecer o movimento já iniciado por entidades empresariais contra a concessão e instalação de praças de pedágio.

“A duplicação da ERS-118 foi uma reivindicação de duas décadas das comunidades de Gravataí e municípios vizinhos, com obras ao longo de 14 anos, onde foram gastos cerca de R$ 400 milhões em recursos públicos. Agora, na finalização da obra, vamos ter que pagar pedágio?”, questiona Paulo Silveira.

O vereador destaca que a rodovia é utilizada diariamente por milhares de pessoas, além de ser fundamental para as empresas escoarem a produção, abastecerem seus empreendimentos, prestarem serviços e atenderem consumidores, fazendo circular a riqueza e impulsionando a geração de trabalho e renda. Para ele, além do papel estratégico da 118 para o desenvolvimento da economia regional, este é um momento onde os esforços devem estar centrados no enfrentamento da crise sanitária e econômica que vivemos.

“Não é hora de lançar mais uma carga sobre os ombros de uma sociedade que já está castigada pela perda do emprego, pela diminuição de renda, pela alta de preços dos itens mais básicos e, ainda, pela incerteza de quando esse calvário chegará ao fim”, afirma o parlamentar. 




Postar um comentário

0 Comentários